Por que o tomaste de mim, Deus?

Por Tirzah Fernandes Pinto

Enfrentar perda e separação é parte de vivermos neste mundo caído. A morte, assustadora e inclemente, sempre paira no horizonte, por mais que olhemos para o outro lado.

Quando ela ceifa um de nossos amados, somos rápidos a perguntar: “Por que o tomaste de mim, Deus?” Porém, quantas vezes fizemos a pergunta inversa. “Por que o deste a mim, Deus?”

Tudo que Deus nos dá tem propósito. Aqueles que Ele nos deu por um pouco de tempo não foram mero acaso, tampouco uma cruel provocação. O impacto que cada um tem na vida do outro, para bem ou mal, nunca é desperdiçado nos planos de Deus.

Copiado do Facebook.

Anúncios