Gratidão e Consagração

NINA e ENZO (meus filhos) são as palavras que o vovô Wado usou para criar este poema em acróstico.

Gratidão e Consagração
Oswaldo Carreiro

Nunca meus lábios cessarão de cantar
Inspiração Tua graça me dá
No Teu amor estou sempre amparado
A Ti a honra, glória e louvor!

És para mim a razão de viver
Nada é melhor que a Ti pertencer
Zelo e temor têm meus pés bem firmados
Onde estiver sou todo teu Senhor!

 

Anúncios